jump to navigation

Corrupção e corruPTos 2012/09/20

Posted by alnbr - Revista de Opinião in 1.
Tags: , , ,
trackback

O Judiciário *NÃO PODE TER CONTRÔLE EXTERNO PORQUE ÊLE É O CONTRÔLE EXTERNO*

Com a eleição dos Juízes e um sistema eleitoral baseado na revogação do eleito não precisamos de nenhum contrôle externo. A Democracia cura suas próprias feridas – e é justamente isto que os comunistas e outros proletaristas não querem, por isto clamam por … *CONTRÔLE*!

Os Juízes devem *SER ELEITOS* pelo povo, da mesma maneira que se elegem os demais cargos oriundos do Poder de Império da República, cuja ausência aliás, é a *FONTE* de todo êste descalabro justamente por nunca ter sido implantada no Brasil.

Os Serviços Públicos são os derivados do Poder de Império, que numa República são aquêles que são *ELEITOS*.

Os Serviços Para o Público são os derivados do Poder de Gestão, que numa sociedade moderna são os oferecidos pela assim chamada Sociedade Civil Organizada – isto realmente não existe mas é uma expressão que os comunistas conseguiram generalizar em contra-posição à Sociedade Militar que êles “clamam combater”.

No Brasil a sociedade é desorganizada, não existem os Podêres de Império e uma Autarquia Judiciária, com meros empregados públicos (nem são funcionários pois não são derivados do Poder de Império) que fazem, às vêzes, de árbitros super-poderosos que passam a maior parte do tempo numa burocracia inútil e dispendiosa.

Um Poder Judiciário só será possível com a *ELEIÇÃO DOS JUÍZES* em tôdas as instâncias.

O que precisamos é *DEVOLVER O PODER AO POVO* <http://viabsb.blogspot.com/2011/05/sufragio-universal-e-luta-de-classes_10.html>,para que eleições municipalistas elejam um *Prefeito*, *Vereadores*, um *Advogado Geral do Município*, o *Chefe de Polícia* e o *Juiz* da cidade, decidam sôbre os impostos locais e não sofram o assalto a seus cofres por bandidos federais em nome “do social”.

O dinheiro de um município deve *FICAR NO MUNICÍPIO*, que deverá dar uma mesada para a Unidade Federada e para a Federação, digamos, 7% do orçamento municipal para cada um.

E é só!

*Isto é PODER!*

O Estado e a União que vivam com aquilo!

Se você mora em um município – porque os Mensaleiros <http://www.EscandaloDoMensalao.com.br/> são os únicos que moram na República – você tem boa escola? Boa educação <http://www.youblisher.com/p/112233-LEIA-A-MATERIA-COMPLETA-CLICANDO-AQUI/>?

Boa medicina? Bons hospitais?

Quem tem mêdo da *Democracia* e institui uma *Oclocracia Proletária* e corrupta, com Mensaleiros e assassinas, ladras, assaltante de bancos, sequestradoras e torturadoras é que é o responsável por tudo que está aí: os *TRABALHADORES*.

Que aliás, têm absoluta razão em assaltar o Estado já que no Brasil não tem Classe Dominante <http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/o-incrivel-caso-do-pais-sem-direita> e o empresariado é tão covarde que se esconde atrás de política e de políticos para subir na vida: um candidato a vice-presidente, dono de empresa que explora recursos naturais <http://www.youtube.com/watch?v=I71-0eEBq1E&feature=related>, de uma candidata “verde”, um industrial que preside um partido socialista, empresas que buscam no govêrno federal o que deveriam buscar nos municípios …

Prefeitos que se gavam de irem em marcha para Brasília para …pedir o dinheiro dêles … vassalos do crime organizado ….

Uma democracia direta é impossível porque os que vão votar não podem ficar dias a fio votando em coisas que precisam ser decididas e que por isto mesmo, paralisariam a sociedade com votações; pensar em uma democracia direta é burrice, pura e simplesmente.

A proposta de um contrôle externo do Poder Judiciário – não temos um, temos uma Autarquia Judiciária – é uma *OCLOCRACIA*, em que um medíocre é eleito por outros medíocres para governar, porque todos sabem, por medíocres, que não haverá *NUNCA* uma meritocracia para atrapalhar os planos da mediocridade coletiva.

Hoje temos uma *OCLOCRACIA PROLETÁRIA*que vai destruir completamente as instituições sociais “burguêsas” (o último burgo foi fechado na Idade Média e os oclocratas ainda combatem a burguesia) e instituir o crime organizado como instância de “poder civil”.

Não temos um Poder Judiciário, logo, precisamos fazer um.

Eleições municipais para Juíz Municipal, eleições estaduais para Juiz Estadual e eleição para o Senado do Estado, composto pelo Governador que perde o cargo e dois outros ex-governadores eleitos pelo voto, e três deputados federais para a Federação.

Com o dinheiro ficando no município não haverá um orçamento federal para os Mensaleiros <http://www.escandalodomensalao.com.br/cap15.php> e suas famílias de miseráveis que vêem no Estado a salvação econômica.

Se os proletaristas denunciavam a corrupção dos capitalistas não era porque eram contra a corrupção, era porque era pequena e não era dêles!

Agora todos sabemos o que é corrupção de verdade!

Com essa gente metida a politicamente correta, não dá para usar meias palavras e nem frases elegantes. Em matéria de educação, o ministro Haddad vem cumprindo a meta petista de descer a qualidade e fazer muita propaganda com números inflados.

É evidente que não há interesse dos socialistas em oferecer educação pública de qualidade (em todos os níveis). Tanto isso é verdade que o Brasil continua se consagrando nos mais baixos índices de educação (em todos os níveis), em todos os rankings <http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/estudantes+brasileiros+ficam+em+54+em+ranking+de+65+paises/n1237852694731.html> mundiais.

“Esta foi a quarta edição da prova trienal aplicada pela Organização de Cooperação dos Países Desenvolvidos (OCDE) aos seus 34 membros e a 31 nações consideradas parceiras comerciais que se dispõem a participar. Foram testados 460 mil jovens, 20 mil no Brasil que ficou em 53º em leitura e em ciências e 57º em matemática. China (região de Xangai) lidera a lista na média geral, seguida por Hong Kong.

 Na edição anterior, em 2006, os brasileiros ocupavam a 48ª posição em leitura e a 53ª tanto em matemática quanto ciências, mas a lista de avaliados tinha apenas 57 nomes. A boa notícia é que a pontuação obtida nos três quesitos subiu: de 393 para 412 em leitura, de 370 para 386 em matemática e de 390 para 405 em ciências. A má é que isso não significa muito.”

 “*América Latina*

Os países da América Latina estão todos entre os últimos 20 colocados. A 54ª posição põe o Brasil a frente de Colômbia (55º), Argentina (57º), Panamá (63º) e Peru (64º). O melhor classificado é o Chile em 45º, seguido pelo México em 50º.”
O ministro Haddad sabe muito bem que a escola pública comum não tem condições de oferecer educação de qualidade <http://www.youtube.com/watch?v=yFkt0O7lceA&feature=youtu.be>
a deficientes (visuais e auditivos), até pelo fato de que para as crianças e adolescentes não portadoras de deficiência do Ensino Fundamental e do Ensino Médio a educação pública é de quinta categoria, salvo em algumas vitrines preparadas para a propaganda do socialismo petista.

Haddad sabe dessa verdade, tanto que mantém e defende o arremedo de acesso ao ensino universitário através do *PROUNI*, que permite que a juventude ganhe um diploma universitário em empresas de duvidosa qualidade acadêmica.

E agora vem essa novidade, metida a politicamente correta, de inclusão, para justificar o fechamento de escolas especiais para deficientes auditivos e visuais, a fim de jogá-los na vala comum do faz-de-conta da escola pública que quase sempre nem sequer alfabetiza os alunos não portadores de deficiência – basta ver a quantas anda o uso da língua portuguesa em qualquer noticiário televisivo ou em  qualquer entrevista de político que precisa dizer à massa que nunca roubou ou desviou verba pública (o desgraçado, para se explicar, comete tantas violências contra a Língua Portuguesa que, só por esse crime, já merecia punição exemplar: voltar à escola, para aprender a falar decentemente).

Até porque o povo brasileiro votou para presidente da República em um deficiente literário.
 
Para encurtar a conversa com essa gente petista (porque não vale a pena gastar a língua de Machado de Assis), eu só queria  saber o que faria o ministro Haddad se tivesse um filho/a deficiente; eu queria saber o que essa pessoa do *PT* Martinha Claret faria se tivesse um filho cego ou surdo.

Será que essa gente preferiria jogar os herdeiros de sua ética troncha na vala comum da escola pública de péssima qualidade?

O que fêz o Mensaleiro da Silva quando têve câncer, entrou na fila do SUS?

 

A presidente Dilma, governanta dessa gente politicamente correta, não terá novos filhos/as; mas poderá ter netos/as com deficiência visual ou auditiva; será que ela aconselharia sua filha a jogar seus herdeiros políticos na escola pública de quinta categoria? A resposta a todas essas perguntas é NÃO; esses socialistas todos só são politicamente corretos para os outros; para quem não pode mandar os filhos para escolas especiais no estrangeiro ou pagar professores particulares para assistência  especial; essa gente, quando fala e inclusão das crianças e adolescentes cegas e surdas, quer mesmo é ondenar ao despreparo os pequenos brasileiros de origem pobre, que ependem do poder público para que se preparem para a vida; esses serão condenados à não participação produtiva no cotidiano.

*Miriam Rita Moro Mine – Universidade Federal do Paraná.*

No português existem os particípios ativos como derivativos verbais.

Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é

pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante… Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é *ente*.

 Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade.

Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a 

ação que expressa um verbo, há que se adicionarem à raiz verbal os sufixos *ante*, *ente* ou *inte*.

Portanto, a pessoa que preside é PRESIDENTE, e não

“presidenta”, independentemente do sexo que tenha.

 Diz-se: capela ardente, e não capela “*ardenta*”; se diz estudante, e não “* estudanta*”; se diz adolescente, e não “*adolescenta*”; se diz paciente, e não “pacienta”.

Um bom exemplo do erro grosseiro seria: “A candidata a presidenta se

comporta como uma *adolescenta* pouco *pacienta * que imagina ter virado *eleganta* para tentar ser nomeada *representanta*.
 

Esperamos vê-la algum dia *sorridenta* numa capela *ardenta*, pois esta * dirigenta* política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas,não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar *contenta*”.”

São eles que deverão ingressar em escolas sem estrutura física, sem
instrumentos das modernas tecnologias, com professores despreparados e,principalmente, muito mal pagos.

E ainda tem quem diga que não existe crime organizado no governo nacional-socialista do PT.

Se o que os socialistas querem fazer com as crianças pobres surdas e cegas não for crime, nossa escala de princípios éticos está mesmo no fundo do poço. –  Sônia van
Dijck <http://www.youblisher.com/p/112233-LEIA-A-MATERIA-COMPLETA-CLICANDO-AQUI/>

Ainda não se sabe se temos uma anta presidente, a anta de um presidente ou uma presidente anta.

O que sabemos é que ela, definitivamente, não é uma presidenta.

Mas para quem já disse que o Meio Ambiente <http://www.youtube.com/watch?v=I71-0eEBq1E&feature=related>é uma ameaça ao nosso desenvolvimento, do Planêta e de nossos países …

E sabemos que é fascista, pois apesar da burrice de ser uma presidenta EXIGIU que tal fôsse publicado na imprensa oficial e na mídia – oficial e oficiosa – leia-se Editora Três.

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta, sua colaboração é sempre muito bem-vinda.

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: